Pular para o conteúdo principal

Björk anuncia shows beneficentes na Islândia para 2021. Apresentações serão transmitidas online

Foto: Santiago Felipe

Em 2020, Björk iria passar pela Europa com a turnê Orchestral, que tinha estreia marcada para julho. Com a situação do Coronavírus, as apresentações foram remarcadas para junho de 2022. No entanto, agora teremos a chance de vê-la no palco alguns meses antes em sua terra natal, por uma causa super importante. 

Hoje (27/06), ela anunciou quatro shows na Islândia. O país está reabrindo após um longo período de confinamento por causa da pandemia. Por isso, está permitida a presença da plateia. O projeto conta com a colaboração de Iceland Airwaves, RÚV, Harpa, Promote Iceland e Icelandair.

Para cada noite de espetáculo beneficente, serão setlists diferentes, cerca de 44 faixas, com coros, cordas, metais e flautas; a partir dos arranjos criados pela artista. Ao lado dela, estarão vários de seus leais colaboradores. Os lucros serão revertidos ao Kvennaathvarfið, abrigo islandês que acolhe mulheres vítimas de violência doméstica, a intenção é também arrecadar fundos para outras instituições como essa ao redor do mundo. 

Será realizada uma transmissão ao vivo dos shows (cerca de 45min) no app Dice, as primeiras gravações profissionais liberadas de espetáculos de Björk desde a do filme da Biophilia Tour, registrado em 2013 e lançado no ano seguinte. O valor de cada stream é 15 libras. Você pode adquiri-los clicando AQUI

Leia a tradução do comunicado completo: 

"Caros amigos islandeses, eu gostaria de convidá-los para alguns shows em que honraremos aquelas pessoas que foram mais atingidas pelo coronavírus, o movimento Black Lives Matter e os músicos islandeses com quem trabalhei ao longo dos anos. 

Gravei praticamente todos os meus álbuns com artistas locais: O Homogenic com um octeto de cordas islandês, Medúlla com o coral misto Schola Cantorum, Volta com dez garotas que encontrei por toda ilha e que fazem parte do Wonderbrass, tocando instrumentos; Biophilia com o coral da igreja Langholt, Graduale NobiliVulnicura com um conjunto de cordas de quinze peças e Utopia com doze flautistas que mais tarde formaram o septeto Viibra. Além disso, o show Cornucopia contou com a presença do Hamrahlíð's Choir, conduzido pela maestrina þorgerður ingólfsdóttir

Foto: Ernir Eyjolfsson

Me apresentei com as canções desses discos em todo o planeta, com a ajuda desses músicos. Juntos, são mais de cem pessoas! Quero celebrar todos esses grandes artistas que temos aqui na Islândia, quero comemorar o fato de estarmos saindo da quarentena de forma saudável e unidos. Por isso, realizarei concertos especiais no Harpa Concert Hall. A minha entrada na luta feminista, é para me gabar que quase todos esses arranjos são de minha autoria. Infelizmente, isso é algo que quase sempre é ignorado quando as mulheres são arranjadoras. 

Os shows serão pela parte da tarde, às 17h, e também serão transmitidos ao vivo online. Haverá uma opção disponível para doar para o Abrigo de Mulheres da Islândia, que oferece apoio para mulheres de todas as origens na região. Aos que comparecerem pessoalmente, após a apresentação, iremos comercializar comida para arrecadar dinheiro para essa instituição. Os concertos serão acústicos, sem beats e instrumentos eletrônicos. Estarei acompanhada da Orquestra Sinfônica da Islândia e alguns convidados. 

Fotos: Divulgação

Sinto que estamos passando por um momento extraordinário, horrível, mas que também é uma oportunidade de mudarmos verdadeiramente. Esse vírus nos ensinou que o que temos é o suficiente, que precisamos ajudar uns aos outros o quanto pudermos. O Black Lives Mater nos lembrou fortemente de examinar nossa própria conduta quanto ao racismo, o respeito, a compreensão e maior assistência aos refugiados que vêm para cá. É necessário que todos nós finalmente confrontemos o racismo, que aprendamos que as vidas das pessoas são mais importantes que o lucro, olhando para dentro de nós, para enxergarmos todos os nossos preconceitos e privilégios ocultos. 

- Estou ansiosa para ver vocês. Vamos aprender juntos a sermos mais humildes. Transformar. Com grande amor, Björk". 

Fotos: Divulgação

Os espetáculos serão realizados no Harpa Concert Hall, em Reykjavík, no salão Eldborg (com 1.600 lugares). 




Postagens mais visitadas deste blog

Björk volta ao Brasil para show no Primavera Sound

Por essa a gente não esperava... Após 15 anos, Björk volta ao Brasil para show no festival Primavera Sound . A apresentação acontece no dia 5 de novembro , em São Paulo ! Atenção: Os ingressos estão à venda ( e já acabando ) em: https://www.eventim.com.br/primaverasoundsp Estamos esperando por esse momento desde 2007 ! Björk se apresentará no Brasil com a turnê Orkestral . No repertório, estão canções de várias fases da carreira. Durante a série de lives na Islândia, a artista revisitou muitas músicas em diferentes performances. No concerto de 2022, algumas delas devem aparecer no setlist. Conheça as histórias das faixas clicando   AQUI . Na estrada, Björk estará ao lado do condutor Bjarni Frímann Bjarnason .  "Para mim, o show "Orkestral" é como um dia de feriado. Eu apenas chego com um vestido nas costas e apareço, canto e vou para casa. Torna-se mais sobre mim, a cantora. Eu trabalho com as orquestras locais de cada lugar, então sou mais como uma convidada ou uma vi

A participação de Björk em The Northman

Que saudades de ver esse rostinho lindo!  Björk esteve na estreia de "The Northman", em Reykjavík.  Nas redes sociais, a artista escreveu: "Estou muito orgulhosa de fazer parte disso. Gostaria de agradecer a Robert Eggers , Sjón e Robin Carolan por convidarem Dóa (o nome artístico da filha dela, que é uma das atrizes da grande produção) e eu para essa aventura. Estou mais do que grata!!! E obrigada a James Merry por me apoiar e Alexander (Skarsgård) por ser um co-ator gracioso".  "Durante sua cena, eu podia ver que Björk tinha uma lua cheia gigantesca atrás dela, bem atrás de sua cabeça. Aquilo pareceu perfeito para aquela cena, seu personagem e como ela estava vestida. Foi absolutamente fascinante. Ela é tão incrível!". pic.twitter.com/e9dPgaf2Ec — Björk BR (@sitebjorkbrasil) April 20, 2022 "É bom finalmente ver as raízes de alguém tratadas com imaginação, inteligência e qualidade. Eu AMEI as passagens com Mjötviður Mær . A arqueologia moder

Ísadora Bjarkardóttir Barney fala sobre sua carreira como artista e o apoio da mãe Björk

Doa , também conhecida como d0lgur , é uma estudante, funcionária de uma loja de discos ( Smekkleysa ), cineasta, cantora e agora atriz. Em abril, estreia nas telonas no novo filme de Robert Eggers , The Northman . Ela interpreta Melkorka , uma garota irlandesa mantida em cativeiro em uma fazenda islandesa, que também gosta de cantar.  O nome de batismo da jovem de 19 anos, é Ísadora Bjarkardóttir Barney .  "Bjarkardóttir" reflete a tradição islandesa de usar nomes patronímicos ou matronímicos . Ou seja, o segundo nome de uma criança é baseado no primeiro nome de sua mãe ou pai. Assim, "Bjarkardóttir" significa o "dóttir" – filha – de "Bjarkar". Isto é, de Björk . E Barney vem do pai Matthew Barney, que nasceu nos Estados Unidos.  Na nova edição da revista THE FACE , a artista falou sobre sua carreira. Ela vive entre Reykjavík e Nova York , onde nasceu em outubro de 2002. Confira os trechos em que citou a mãe, a nossa Björk.  " Sjón e min

Saiba tudo sobre as visitas de Björk ao Brasil

Foto: Divulgação (2007) As apresentações mais recentes de Björk no Brasil, aconteceram em 2007. Em novembro de 2022, ela volta ao nosso país no festival Primavera Sound . Relembre todas as passagens da islandesa por terras brasileiras, nesta matéria detalhada e cheia de curiosidades! Foto: Reprodução (1987) Antes de vir nos visitar em turnê, a cantora foi capa de algumas revistas brasileiras sobre música, incluindo a extinta  Bizz,  edição de Dezembro de 1989 . A divulgação do trabalho dela por aqui, começou antes mesmo do grande sucesso e reconhecimento em carreira solo, ainda com o  Sugarcubes . 1996 - Post Tour: Arquivo: João Paulo Corrêa SETLIST:  Army of Me One Day The Modern Things Venus as a Boy You've Been Flirting Again Isobel Possibly Maybe I Go Humble Big Time Sensuality Hyperballad Human Behaviour The Anchor Song I Miss You Crying Violently Happy It's Oh So Quiet.  Em outubro de 1996, Björk finalment

Björk está no elenco de 'The Northman’, filme de Robert Eggers

Em outubro de 2019 , o site IndieWire garantiu que Björk estava em negociações avançadas para participar de uma nova produção do diretor Robert Eggers , responsável pelos filmes "A Bruxa" (2015) e "O Farol" (2019).  O longa, intitulado de The Northman , foi descrito como uma "saga de vingança viking", na qual um príncipe nórdico (Alexander Skarsgård) procura por justiça após seu pai ser assassinado. A história é ambientada na Islândia , na virada do Século X.  Foto: Santiago Felipe. O roteiro de Eggers foi escrito em parceria com Sjón , um grande amigo e colaborador da islandesa ( Isobel , Jóga , Bachelorette , Selmasongs , Oceania , Wanderlust , The Comet Song , Cosmogony , Virus , Solstice ). Nicole Kidman , Alexander Skarsgård , Anya Taylor-Joy , Bill Skarsgård , Kate Dickie , Ralph Ineson , Claes Bang , Ethan Hawke  e Willem Dafoe também fazem parte do elenco.  A trilha sonora é de Robin Carolan e Vessel .  Foto: Reprodução.  O Belfast Telegraph ,