Pular para o conteúdo principal

Björk ganha sua própria estação musical na Sonos Radio HD

Björk agora é parte da curadoria da estação de canções da empresa Sonos Radio HD. A intenção é oferecer acesso a algumas das inspirações e obsessões musicais dos artistas, incluindo comentários. O projeto ainda conta com D'Angelo, FKA Twigs e The Chemical Brothers no time de convidados do serviço online por assinatura. 

Vivendo no "oceano" da música: 

"Estou muito emocionada por ter tido um motivo para passar 21 anos colecionando música. Desde o meu primeiro laptop, já tinha o costume de comprar CDs, de encontrar estranhamente Fitas K7 e de garimpar vinis em lojas secretas nas minhas viagens. Sempre reunindo tudo na minha biblioteca pessoal, com lindos arquivos do formato WAV

Era apenas uma questão de tempo para que então eu pudesse compartilhá-los de outra forma: através da nuvem e streaming. Grande parte do meu coração está nesse material. Tantas memórias inacreditáveis ​​com amigos e entes queridos! DJsets em barzinhos e todos os tipos de ocasiões possíveis: barcos, carros, aviões. 

Aqui estão músicas para casamentos, momentos de solidão, de dança, partidas de xadrez amigáveis, caminhadas... Agradeço a todos os músicos que salvaram a minha vida inúmeras vezes ao longo desses anos, e espero que gostem disso tanto quanto eu!". 

"Björk's 21 years worth of wave files liquidated into a stream" está disponível no app oficial da Sonos Radio; nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Irlanda e Austrália. Em breve, será oferecido também em outras regiões. Para inaugurar a estação on demand, Björk concedeu uma entrevista, publicada de forma gratuita no Mix Cloud, acompanhada de canções de Alim qasimov, Jlin, LFO, Aby Ngana Diop e ML Buch. 


Segundo a empresa, a playlist será atualizada trimestralmente. No momento, já conta com trabalhos de nomes como Milton Nascimento, Jorge Ben Jor, Rihanna e Kate Bush

Saiba que outras músicas Björk escolheu: 

hallelujah junction – 1st movement (john adams)
the crying light (antony and the johnsons)
i’m so into you (allstar’s 12” drop mix for radio) (swv)
ainsi la nuit for string quartet: vii. temps suspendu (juilliard string quartet)
say when (tirzah)
mourning song (serpentwithfeet)
the goldberg variations: bwv 988: aria (teodoro anzellotti)
les noces, premiere partie, premier tableau chez la marie (rias kammerchor, musikfabrik, carolyn sampson, susan parry, vsevolod grivnov, maxim mikhailov and daniel reuss) (igor stravinsky)
the banks of red roses (june tabor)
by the rivers of babylon (vox clamantis)
trouble (drb lasgidi)
pavane pour une infante defunte (sviatoslav richter)
iambic 5 poetry (squarepusher)
hvad flygur mer i hjarta blitt (hamrahlidarkorinn)
easy (joanna newsom)
boulevard de l’independance (toumani diabate)
two doves (dirty projectors)
extended circular music no. 2 (tamriko kordzaia)
pearly (palm)
bang (rye rye)
thievery (arca)
canteloube: chants d’auvergne, book 1: no. 2, bailero (yan-pascal tortelier)
string quartet no. 2, op. 38, “vita et mors”: i. bernska (childhood): scherzo (yggdrasil quartet)
to a child dancing in the wind: no. 1, he wishes for the cloth of heaven (heidi grant murphy aureole) (john tavener)
verold flaa synir sig (engel lund)
ocumare (jean c. roche)
petal one (areni agbabian)
partita for 8 singers: no. 2. sarabande (roomful of teeth) (caroline shaw)
she was a visitor (robert ashley)
liital (aby ngana diop)
eritrea (awalom gebremariam)
waitin (kelela)
lung (lotic remix) [feat. lafawndah] (teengirl fantasy)
pattern a1 (rian treanor)
model 9 (paul hillier)
real nega (jpegmafia)
catavento (milton nascimento)
adjust (bendik giske)
des canyons aux etoiles: xii. zion park et la cite celeste (christoph eschenbach)
a life (1895 – 1915) (mark hollis)
no. 1. you will return (shara worden)
plain sailing (tracey thorn)
dust and water (antony and the johnsons)
night of the swallow (kate bush)
hungarian rock (mahan esfahani)
oui (jeremih)
iv. dawn in paradise. adagio rubato (yolanda kondonassis)
sekem (mc galaxy)
stemning (silja sol)
dove song (various artists) (shut up and dance presents “how the east was won 1989-2009”)
my only child (nico)
the sun shall not smite thee (vox clamantis)
teri mehfil mein kismat azmakar (lata mangeshkar)
the inflated tear (live version) (rahsaan roland kirk)
guilty (tirzah)
der abschied iii (ensemble opus posthumus) (vladimir martynov)
the clumtwins (jameszoo)
heroi (arr. d. lang for voice and cello) (felix fan) (david lang – pierced)
rude boy (rihanna)
boss ass bitch (ptaf)
feralok (hamrahlidarkorinn)
what a day (remastered) (danny howells)
81 (joanna newsom)
caramba! … galileu da galileia (jorge ben jor)
thad er svo margt ef ad er gad (engel lund)
romance / love (bernard herrmann) (the ghost and mrs. muir soundtrack)
pana (tekno)
gran sabana (jean c. roche)
it’s ritual (sd laika)
mary (robert fripp)
snow leopard (rabit)
galang (m.i.a.)
become ocean (seattle symphony orchestra) (john luther adams)
the secret life of plants (stevie wonder)
the lord’s prayer (1999) (anonymous 4) (john tavener)
preso (cap.6: clausura) (rosalia)
lsdxoxo_truth or dare_123 bpm (kelela)
one by one (eyeless in gaza)
messy (serpentwithfeet)
toast (koffee)
bounkam solo (upper volta) (unspecified) (“drum, chant & instrumental music)
string quartet no. 3, op. 64, “el greco”: iii. jesus drive the money-changers from the temple (yggdrasil quartet) (jon leifs)
model 6 (paul hillier)
a capella (something’s missing) (brandy)
crença (milton nascimento)
earth seen from above (meredith monk)
les noces, premiere partie, premier tableau: chez la mariee (rias kammerchor, musikfabrik, carolyn sampson, susan parry, vsevolod grivnov, maxim mikhailov and daniel reuss) (igor stravinsky)
vladimir martynov: der abschied (kronos quartet)
tehhelo (awalom gebremariam)
der abschied vi (ensemble opus posthumus) (vladimir martynov)
westward bound (mark hollis)
hatid fer ad hondum ein (hamrahlidarkorinn)
strong, calm, slow (astrid sonne)
tehillim (pt. iii & iv) (steve reich)
drottins haegri hond (engel lund)
voyage for three biwas (kinshi tsuruta)
damage b2 (rain treanor)
palmpolysanto (bonus track) (jameszoo)
hologram (these new puritans)
palmar (jean c. roche)
sangkakala ii (gabber modus operandi)
lord, i cry unto thee (vox clamantis)
lonely thugg (arca)
lal meri pat rakhiyyo (sanam marvi)
guillotine (death grips)
hope mountain (antony and the johnsons)
shing kee (1986) (carl stone)
mahdiyu laye (youssou n’dour)
wrong tree (serpentwithfeet)
i feel like giving you things (mi buch)
enemy (prod. nguzunguzu) (kelela)
amelia (joni mitchell)
model 1 (paul hillier)
string quartet no. 2, op. 38, “vita er mors”: iii, salumessa, eilifd (requiem and eternity) (yggdrasil quartet) (jon leifs)
experiences no. 2 (john cage)
rather be (brandy)
gira, girou (milton nascimento)
jpiya (bamba pana)
iii. loops and verses (john adams)
something came over me (throbbing gristle)
ox (rabit)
cartoons (cupcakke)
les noces, premiere partie, premier tableau: le depart de la marie (rias kammerchor, musikfabrik, carolyn sampson, susan parry, vsevolod grivnov, maxim mikhailov and daniel reuss) (igor stravinsky)
devotion (feat. coby sey)
quartet in g minor for strings, op. 10: i. anime et tres (juilliard string quartet)
bastards (various artists) (shut up and dance presents “how the east was won 1989-2009”)
de aqui no sales (cap.4: disputa) (rosalia)
ljos og hljomar (hamrahlidarkorinn)
00000 (astrid sonne)
heat 2 (shinichi atobe)
salel (awalom gebremariam)
der abschief ii (ensemble opus posthumus) (valdimir martynov)
to the moon and back (edit) (fever ray)
a midsummer night’s dream, act 2: “on the ground, sleep sound” (downside school, purely, choir of) (britten)
tunga min vertu treg ei a (engel lund)
pulse pause repeat (harold budd)
arabesque no 1 (tomita) (electronic music experience)
to a child dancing in the wind: no. 2 , the old men admiring themselves in the water (heidi grand murphy aureole) (john tavener)
damage b1 (rian treanor)
kaouding cissoko (toumani diabate)
sofdu nu saelin (hamrahlidarkorinn)
doc pipper (jameszoo)
xen (arca)
in an autumn garden for gagaku orchestra (imperial household music department) (takemitsu)
arc descents: the fall (david hykes & the harmonic choir) (biophilia festival opener)
take me apart (kelela)
getme, getme (kronos quartet)
bamba the poet (youssou n’dour)
fragrant (serpentwithfeet)
nuvem cigana (milton nascimento)
model 3 (paul hillier)
string quartet no. 3, op. 64, “el greco”: v. the resurraction (yggdrasil quartet) (jon leifs)
rancho grande (jean c. roche)
area under a curve (astrid sonne)
praise the name of the lord (vox clamantis)
gomul uppeldisadferd (hamrahlidarkorinn)
ndame (aby nagana diop)
string quartet no. 3, op. 64, “el greco”: iv. the crucifixion (yggdrasil quartet) (jon leifs)
the home (bernard herrmann) (the ghost and mrs. muir soundtrack)
borderline (brandy)
i. shaking and trembling (john adams)
vorid thad dunar (hamrahlidarkorinn)
tehillim (pt. i & ii) (steve reich)
cut the world (antony and the johnsons)
haettu ad grata hringana (engel lund)
tsekeleke (nozinja)
reniego (cap.5: lamento) (rosalia)
quartet in f major for strings: i. allegro oderato. tres doux (julliard string quartet)
fagurt er i fjordum (hamrahlidarkorinn)
der abschied i (ensemble opus posthumus) (vladimir martynov)
teumat chena (awalom gebremariam)
pandemic (rabit)
haustvisur til mariu (hamrahlidarkorinn)
i am sky (laraaji)
bar svo til i byggdum (engel lund)
tres pontas (milton nascimento)
unconditional oceans (brandy)
bank head (prod. kingdom) – extended (kelela)
andvokunott (hamrahlidarkorinn)
mrm aid s (jameszoo)
dos cruces (milton nacimento)
vladimir martynov: schubert-quintet [unfinished]: movement i (kronos quartet)
my work (jfdr)
turn to dust (kelela)
hope there’s someone (antony and the johnsons)
afmorvisa (hamrahlidarkorinn)
model 4 (paul hillier)
upp, upp min sal (engel lund)
cherubim (serpentwithfeet)
fararsnid (hamrahlidarkorinn)
i you cherrypearl (jameszoo)
string quartet no. 3, op. 64, “el greco”: ii. vision of el greco’s self-portrait (yggdrasil quartet) (jon leifs)
guanare / barinas (jean c. roche)
stodum tvo i tuni (hamrahlidarkorinn)
bless the lord, my soul (vox clamantis)
string quartet no. 2, op. 38, “vita et mors”: ii. aeska (youth) (yggdrasil quartet) (jon leifs)
whisper (serpentwithfeet)
no tomorrow (brandy)
ii. hymning slews (john adams)
kvoldvisur um sumarmal (hamrahlidarkorinn)
poetry (bernard herrmann) (the ghost and mrs. muir soundtrack)
gloomy sunday (the associates)
string quartet no. 3, op. 64, “el greco”: i. toledo (yggdrasil quartet) (jon leifs)
model 5 (paul hillier)
upphaf (hamrahlidarkorinn)
ainsi la nuit for string quartet: vi. nocturne 2 (juilliard string quartet)
austan kaldinn a oss bles (engel lund)
vladimir martynov: the beatitudes (kronos quartet)
haust / thogn / vor (hamrahlidarkorinn)
der abschief vii (ensemble opus posthumus) (vladimir martynov)
bi bi og blanka (engel lund)
iv. a final shaking (john adams)
mariukvaedi (hamrahlidarkorinn)
der abschief iv (ensemble opus posthumus) (vladimir martynov)
kvolda tekur, sest er sol (engel lund)
cançao do sal (milton nascimento)
ungaedi (hamrahlidarkorinn)
bless ur heart (serpentwithfeet)
gratandi kem eg nu gud minn til thin (engel lund)
oss barn er faetti betlehem (hamrahlidarkorinn)
no romance (tirzah)
ek wiwar (hamrahlidarkorinn)
irmão de fé (milton nascimento)
goda veislu gjora skal (engel lund)
drottins modir milda og goda (hamrahlidarkorinn)
sofdu unga astin min (engel lund)
model 2 (paul hillier)
vetur (hamrahlidarkorinn)
der abschied viii (ensemble opus posthumus) (vladimir martynov)
einsetumadur einu sinni (engel lund)
kvedid i bjargi (hamrahlidarkorinn)
fagurt galadi fuglinn sa (engel lund)
morro velho (milton nascimento)
vorkvaedi um island (hamrahlidarkorinn)
model 10 (paul hillier)
fagurt er i fjordum (engel lund)
upphaf thorlakstida (hamrahlidarkorinn)
med glediraust og helgum hljom (engel lund)
outubro (milton nascimento)
case (teni)
enginn graetur islending (hamrahlidarkorinn)
nu vil eg nafni thinu (engel lund)
nu hverfur sol i haf (hamrahlidarkorinn)
model 7 (paul hillier)
eitt sinn for eg yfir rin (engel lund)
syngid gudi saeta dyrd (hamrahlidarkorinn)
stodum tvo i tuni (engel lund)
umthekking ii (hamrahlidarkorinn)
vera matt godur (engel lund)
svo vitt um heim, sem solin fer (hamrahlidarkorinn)
sumarid thegar setur blitt (engel lund)
kvoldvisur um sumarmal (hamrahlidarkorinn)
kved eg um kvinnu eina (engel lund)
thad a ad gefa bornum braud (hamrahlidarkorinn)
message oblique speech (associates)
drekkur grundin dokkva (hamrahlidarkorinn)
o, flaskan min frid (engel lund)
bb (shy girl)
queen of this sh*t (quay dash)
grylulestin (hamrahlidarkorinn)
u.a.f.w.m. (quay dash)
syngur sumarregn (hamrahlidarkorinn)
anxi. (kelly lee owens)
solarkvaedi (hamrahlidarkorinn)
maria, minha fé (milton nascimento)
tvaer visur ur viglundarsogu (hamrahlidarkorinn)
andante cantabile (bernard herrmann) the ghost and mrs. muir soundtrack)
blue light (kelela)
heilagi drottin himnum a (hamrahlidarkorinn)
sisters (arca)
immanuel oss i natt (hamrahlidarkorinn)
climax (usher)
maria (hamrahlidarkorinn)
kindur jarma i kofunum (engel lund)
grylukvaedi (hamrahlidarkorinn)
que no salga la luna (cap.2: boda) (rosalia)
o, hve dyrdlegt er ad sja (hamrahlidarkorinn)
linga linga instrumental (bamba pana)
string quartet no. 1, op. 21, “mors et vita” (yggdrasil quartet) (jon leifs)
nu kemur heimsins hjalparrad (hamrahlidarkorinn)
watch n’ learn (rihanna)
voggukvaedi (hamrahlidarkorinn)
all the love (kate bush)
ad cantus laetitae (hamrahlidarkorinn)
inside looking out (mark hollis)
leikurhanda grylubornum (hamrahlidarkorinn)
pattern a2 (rian treanor)
eg song thar oll jol (hamrahlidarkorinn)
agaba kibati (bamba pana)
med glediraust og helgum hljom (hamrahlidarkorinn)
veil like calm (eyeless in gaza)
mariukvaedi (hamrahlidarkorinn)
heidra skulum ver herrann krist (hamrahlidarkorinn)
model 8 (paul hillier)
unknown tongues (jlin)
andante espressivo from symphony no. 2, op. 132 “mysterious mounstain” (john williams) (drive time: miles of great music / blue ridge parkway)
azhake nilave (version 2) (ushavinod kanchana)
the banks of red roses (june tabor)
sapaly (aby ngana diop)
vladimir martynov: schubert-quintet [unfinished]: movement ii (kronos quartet)
psitta riddim (jameszoo)

 

Foto: Divulgação. 
Agradecimentos: jp4151; HöShl; Kacie Ta. 

Postagens mais visitadas deste blog

35 anos de Sugarcubes, a banda que lançou Björk ao sucesso internacional

Em 8 de junho de 1986 , o Sugarcubes surgia na Islândia, bem no dia do nascimento do 1º filho de Björk . O grupo musical deu projeção internacional para a artista. Eles lançaram três discos e estiveram em atividade até 1992. Em 2006, a banda se reuniu pela última vez para uma apresentação, em Reykjavík . Os integrantes já tinham formado projetos de música punk ao lado de Björk. Inicialmente, eles desenvolveram o selo Smekkleysa ( Bad Taste ), com o lançamento de uma série de projetos musicais e literários. Na intenção de conseguir dinheiro para a criação dessas obras, os membros perceberam que precisavam de uma ferramenta que chamasse a atenção do grande público. A partir disso, tiveram a ideia de formar uma banda: "A gente se divertia! A música era algo secundário, então não tínhamos essa grande ambição musical de ser algo brilhante. Tivemos a chance de viajar o mundo e ver como outras bandas funcionavam, o que me ensinou muito. A fama não estava nos nossos planos, mas ao mesm

A história de Gling-Gló, o álbum de jazz de Björk

Várias canções em islandês de nossa amada estão creditadas nas plataformas digitais como Björk Guðmundsdóttir . Um desses projetos é o disco Gling-Gló em parceria com o Tríó Guðmundur Ingólfsson . O álbum é recheado de covers de músicas de jazz tradicionais, clássicos interpretados originalmente em inglês. Lançado em outubro de 1990, ultrapassou a marca de 300 mil cópias . É o disco de Björk mais vendido na Islândia (sim, superando todos os do Sugarcubes e da carreira solo). Foi comercializado em CD, vinil e fita cassete. Até 2011, ainda estava entre os 30 mais populares no país. Uma performance especial desse projeto já havia acontecido alguns meses antes sob encomenda da rádio pública de Reykjavík. A apresentação foi muito elogiada. Registros em áudio da ocasião estão disponíveis na internet. Alguns outros shows e aparições na TV foram realizados na região. Sempre ocupada, Björk logo partiu para outros projetos. "Eu simplesmente não entendo (o sucesso desse disco). Na época,

A paixão de Björk por Kate Bush

Foto: Divulgação "Eu gostaria de ouvi-la sem parar. Era muito divertido acompanhar sua música na Islândia. Eu acabei adquirindo os álbuns muitos anos depois que saíram, então eu não tinha qualquer contexto, eu estava simplesmente ouvindo-os no meu próprio contexto. E todas as minhas canções favoritas eram as “lado-B” do terceiro single , por exemplo. E então eu vi alguns documentários sobre ela, era a primeira vez que eu via as coisas de um ponto de vista britânico e eles estavam falando: "Ela esteve no Top 3 das paradas musicais, e foi no Top of The Pops , e fez muito melhor do que o fracasso do álbum anterior”. E foi o oposto total para mim! É tão ridículo, esta narrativa de sucesso e fracasso. Como, se você faz algo surpreendente, a próxima coisa tem que ser horrível. É como o tempo ou algo assim. Dez anos mais tarde, alguém assiste na Islândia ou na China e é totalmente irrelevante. Para mim, ela sempre representará a época de exploração da

Lido Pimienta lança versão de Declare Independence

Lido Pimienta é uma artista colombo-canadense. Nascida em Barranquilla (Colômbia), atualmente mora em Toronto. Celebrando o Mês do Orgulho LGBTQIA+ , ela produziu uma nova versão para Declare Independence , faixa do Volta , disco que Björk lançou em 2007. O cover é parte do projeto "Claim Your Space" do Spotify Singles . "Cantei a letra maravilhosa em inglês e acrescentei novas palavras em espanhol, que refletem a atual situação na Colômbia, um sentimento geral em defesa da liberdade dos povos colonizados, do rio ao mar", disse em post nas redes sociais. Em comunicado para a imprensa, explicou: "Escolhi essa música principalmente por causa da letra: "Agite a sua bandeira, levante-a, mais alto" e "não deixe que façam isso com você". Eu ouvi essa música ao vivo e adorei como todos os imigrantes na plateia estavam agitando suas bandeiras. O sentimento de ORGULHO que então todos nós sentimos. Eu queria trazer isso com esta versão, honrando

Saiba tudo sobre as visitas de Björk ao Brasil

Foto: Divulgação (2007) As apresentações mais recentes de Björk no Brasil, aconteceram em 2007. Relembre todas as passagens da islandesa por nosso país, nesta matéria detalhada e cheia de curiosidades! Foto: Reprodução (1987) Antes de vir nos visitar em turnê, a cantora foi capa de algumas revistas brasileiras sobre música, incluindo a extinta  Bizz,  edição de Dezembro de 1989. A divulgação do trabalho dela por aqui, começou antes mesmo do grande sucesso e reconhecimento em carreira solo, ainda com o  Sugarcubes . 1996 - Post Tour: Arquivo: João Paulo Corrêa SETLIST:  Army of Me One Day The Modern Things Venus as a Boy You've Been Flirting Again Isobel Possibly Maybe I Go Humble Big Time Sensuality Hyperballad Human Behaviour The Anchor Song I Miss You Crying Violently Happy It's Oh So Quiet. Em outubro de 1996 , Björk finalmente desembarcou no Brasil, com shows marcados em São Paulo (12/10/96) e no R