Pular para o conteúdo principal

Assista ao videoclipe de "Arisen My Senses"


Para o novo videoclipe "Arisen My Senses", Björk e Jesse Kanda tiveram como inspiração um belo conjunto de influências:

"Há alguns anos, essa gigante criatura não identificada foi encontrada na Indonésia", explica Jesse. "Ela tinha este lindo monte de pele branca, gorda e cheia de carne em um bando de sangue, em uma praia ensolarada. Isso realmente me emocionou. Era a combinação de algo tão catastrófico sendo tão lindo ao mesmo tempo, o mistério e a fantasia do que realmente era, e a conexão com o contexto ecológico mais grandioso.

Björk usou vídeos de criaturas deste tipo como backdrop de sua turnê para "Vulnicura", então eu sabia que ela e eu adoraríamos criar isso como uma imagem. E um outro tipo de obsessão em que faríamos trabalhos com esculturas que retratariam o nascimento e a morte".


No novo vídeo, que conta com a participação de Arca, Björk aparece dentro de uma escultura enorme. A equipe responsável pelo traje só teve três semanas para produzi-lo. Eles tiveram que considerar a estética e o movimento que Jesse estava procurando, além de ter que encontrar os materiais corretos pensando sobre como manter Björk seguro dentro dele.

Em post nas redes sociais sobre os primeiros vídeos do novo álbum, Björk compartilhou o link de uma playlist no YouTube. Seria um álbum visual dividido em três partes?***

"Eu gostaria de lhes apresentar os 4 vídeos do "Utopia" em ordem cronológica. Eu sempre senti que isso é um tipo de tríptico*** e agora o primeiro episódio está pronto! Eu mal posso esperar para começar este novo ano com flores novas. Feliz Solstício de Inverno!".

Um tríptico é, geralmente, um conjunto de três pinturas unidas por uma moldura tríplice (dando o aspecto de serem uma obra), ou somente três pinturas juntas formando uma única imagem. Apesar da conexão com o formato artístico, o termo pode, às vezes, ser usado mais comumente como conotação para qualquer coisa de três partes, particularmente se for uma integração para uma única unidade.

Saiba mais:

- Björk e Arca se manifestaram sobre as críticas dos fãs que não gostam da colaboração dos dois.
- Björk se apresentará na Croácia.
- Segundo fãs do fórum Reedit, efeitos visuais/gifs estão sendo exibidos durante a execução de músicas de Björk como "The Gate" em alguns dispositivos de usuários do Spotify.
- Primeiro álbum de Björk completa 40 anos!
- Websérie especial de 40 episódios sobre a carreira de Björk estreia em Janeiro de 2018!
- Nova imagem do ensaio fotográfico de "Utopia".
- Vídeos de "The Gate" e "Blissing Me" ultrapassaram 1 milhão de visualizações no YouTube! Assista aos de "Utopia" e "Arisen My Senses".


Comente com outros fãs:

Postagens mais visitadas deste blog

Para a Folha de São Paulo, Björk fala sobre o envelhecimento de sua voz

Na próxima terça-feira, 18 de junho de 2019, a exposição Björk Digital chega a São Paulo no Museu da Imagem e do Som (adquira ingressos clicando AQUI). Boa parte das datas já estão, inclusive, esgotadas! Em processo de divulgação do projeto, a cantora islandesa concedeu uma entrevista exclusiva para a Folha,em uma conversa por telefone direto de sua casa na Islândia. A matéria é de Diogo Bercito. Confira:
Björk discutiu alguns tópicos, como o estado atual de seus vocais: Ela vem cantando com tons abaixo das versões de seus discos já há alguns anos: "Deixo que a minha voz envelheça". A artista ainda se mostrou tranquila sobre a passagem de tempo natural da vida, e criticou a discriminação que a maioria das mulheres sofrem dando como exemplo Frank Sinatra e Johnny Cash, que puderam envelhecer sem esse tipo de cobrança do público, que parecia considerar suas vozes ainda mais charmosas com o avanço da idade. Enquanto, Whitney Houston era ridicularizada por não conseguir mais ca…

5 motivos para não perder a exposição Björk Digital em São Paulo

Como já noticiamos aqui, a exposição Björk Digital virá ao Brasil em uma temporada de dois meses no Museu da Imagem do Som, em São Paulo. Entre 18* de junho e 18 de agosto, a mostra estará nas instalações do Espaço Redondo e do Espaço Expositivo do centro cultural, com uma série de atividades interativas que prometem captar a emoção do público, como já aconteceu com os mais de 400 mil visitantes nos últimos 3 anos, nos 12 países que receberam o projeto!
A abertura para o público geral será no dia 19/06*.
Você ainda está em dúvida se deve comparecer ou não? O Björk BR separou uma lista com 5 motivos para não perder a vinda do trabalho audiovisual da islandesa ao nosso país: Em outras palavras, o próprio conteúdo! 1. Sessão de cinema  Tão famosos quanto as canções de Björk são seus clipes lendários! A obra assinada por ela em colaboração com diretores renomados, conquistou muitas pessoas e revolucionou a música pop nos últimos 26 anos, e está na programação da exposição da cantora. Mas …

Relembre as vindas de Björk ao Brasil

As apresentações mais recentes de Björk no Brasil aconteceram há mais de 10 anos, entre 26 e 31 de Outubro de 2007. Relembre estas e outras passagens da islandesa, que já disse ter vivido momentos mágicos em nosso país.
Mas antes de tudo, uma curiosidade: Björk já foi capa da famosa/extinta revista brasileira Bizz, edição de Dezembro de 1989, o que comprova a divulgação do trabalho da artista no Brasil antes mesmo do grande sucesso e reconhecimento em carreira solo.

1996 - Post Tour:
SETLIST: Army of Me/One Day/The Modern Things/Venus as a Boy/You've Been Flirting Again/Isobel/Possibly Maybe/I Go Humble/Big Time Sensuality/Hyperballad/Human Behaviour/The Anchor Song/I Miss You/Crying/Violently Happy/It's Oh So Quiet.
Em outubro de 1996, Björk vinha pela primeira vez ao Brasil com shows marcados em São Paulo (12/10/96) e no Rio de Janeiro (13/10/96), como parte do Free Jazz Festival.



Em entrevista à Folha de São Paulo, Björk se disse ansiosa pelas apresentações:
"Vai ser mu…