Pular para o conteúdo principal

Hamrahlíð Choir anuncia lançamento do álbum Come and Be Joyful


Em 4 de dezembro, o lendário Hamrahlíð Choir, que participou de vários concertos do espetáculo Cornucopia, lançará o álbum Come and Be Joyful

O disco traz canções tradicionais e também duas versões de músicas de Björk apresentadas na abertura do show: Sonnets e Cosmogony, completamente repaginadas. Um link para pré-venda já está disponível, confira clicando AQUI

Além disso, a interpretação da faixa do álbum Biophilia, com produção de Björk nos arranjos, chegou nas plataformas digitais: 


O coral Hamrahlíð é conhecido por seu som único, formado por 52 integrantes. Seus membros são ex-alunos da Hamrahlíð College, de Reykjavík. Mais de 2.500 adolescentes islandeses tiveram contato com a música por meio dessa experiência. Muitos deles sem nenhum treinamento anterior e, por meio de prática cuidadosa (característica do grupo), passaram a participar de produções da mais alta qualidade. 

No ano de 2017, Björk os convidou para participar do álbum Utopia. A colaboração continuou na residência de shows que ela fez no The Shed (Nova York), e na etapa europeia de Cornucopia

Dentre os relatos emocionantes sobre a turnê, destacamos um especial de Amy Lee (Evanescence), publicado nas redes sociais, em maio de 2019: 

"Tudo começou com uma performance acapella de um jovem coral islandês, dirigido por uma senhora cheia de energia, expressiva e encantadora que, uma vez que vi, não conseguia desviar o olhar. Quero ser ela quando eu crescer! O coral é uma das minhas grandes paixões musicais e uma das minhas primeiras fontes de inspiração. Além da minha banda, um dos meus sonhos era também fazer música para filmes e, eventualmente, entrar em alguma forma de direção para um coral. Nos primeiros dois minutos, minhas lágrimas começaram a vir e a Björk ainda nem estava no palco! Quando ela surgiu, e ouvi aquela voz, e aquele profundo instrumental penetrante... senti como se o som estivesse sendo derramado em meus ouvidos, fluindo direto para o meu coração, e se espalhando por todo o meu corpo". 

Em nota oficial sobre Come and Be Joyful, Björk falou da importância do coral em sua vida: 

"Estou extremamente grata e honrada. Eu mesma participei desse coral quando tinha 16 anos. Acredito que todo músico islandês de quem você já ouviu falar, foi criado e batizado musicalmente por þorgerður ingólfsdóttir, uma mulher milagrosa. Ela é uma lenda na Islândia, e preservou o otimismo e a luz nos tempos tumultuosos da adolescência. Também encorajou e criou dezenas de canções para todos os compositores mais proeminentes do país, por mais de meio século". 




Em 2021, Björk volta a se apresentar ao lado de Hamrahlíð em Orchestral, show beneficente que será realizado na Islândia. Na ocasião, novamente com direção da maestrina þorgerður ingólfsdóttir, irá cantar canções de Medúlla, Biophilia e Utopia. A apresentação será transmitida online. Saiba mais sobre como obter ingressos AQUI

Tracklist de Come and Be Joyful: 

01. Ísland, farsælda frón (Iceland, Beloved Country)
02. Komdu nú að kveðast á (Make Verses, Maestro)
03. Vísur Vatnsenda-Rósu (Vatnsenda-Rósa’s Verses)
04. Stóðum tvö í túni (We Stood in the Meadow)
05. Blástjarnan þó skarti skær (The Blue and Brightly Shining Star)
06. Veröld fláa sýnir sig (The Deceptive World)
07. Haldiðún Gróa hafi skó (Dance Song)
08. Sonnets (Björk Cover)
09. Cosmogony (Björk Cover)
10. Haustvísur til Máríu (Autumn Verses to the Virgin Mary)
11. Maríukvæði (A Mary Poem)
12. Vikivaki (The Lover in the Red Forest)
13. Í gleðinni (Come and Be Joyful)
14. Smávinir fagrir (Fair Little Friends)




Fotos: Santiago Felipe. 

Postagens mais visitadas deste blog

Björk volta ao Brasil para show no Primavera Sound

Por essa a gente não esperava... Após 15 anos, Björk volta ao Brasil para show no festival Primavera Sound . A apresentação acontece no dia 5 de novembro , em São Paulo ! Atenção: Os ingressos estão à venda ( e já acabando ) em: https://www.eventim.com.br/primaverasoundsp Estamos esperando por esse momento desde 2007 ! Björk se apresentará no Brasil com a turnê Orkestral . No repertório, estão canções de várias fases da carreira. Durante a série de lives na Islândia, a artista revisitou muitas músicas em diferentes performances. No concerto de 2022, algumas delas devem aparecer no setlist. Conheça as histórias das faixas clicando   AQUI . Na estrada, Björk estará ao lado do condutor Bjarni Frímann Bjarnason .  "Para mim, o show "Orkestral" é como um dia de feriado. Eu apenas chego com um vestido nas costas e apareço, canto e vou para casa. Torna-se mais sobre mim, a cantora. Eu trabalho com as orquestras locais de cada lugar, então sou mais como uma convidada ou uma vi

A participação de Björk em The Northman

Que saudades de ver esse rostinho lindo!  Björk esteve na estreia de "The Northman", em Reykjavík.  Nas redes sociais, a artista escreveu: "Estou muito orgulhosa de fazer parte disso. Gostaria de agradecer a Robert Eggers , Sjón e Robin Carolan por convidarem Dóa (o nome artístico da filha dela, que é uma das atrizes da grande produção) e eu para essa aventura. Estou mais do que grata!!! E obrigada a James Merry por me apoiar e Alexander (Skarsgård) por ser um co-ator gracioso".  "Durante sua cena, eu podia ver que Björk tinha uma lua cheia gigantesca atrás dela, bem atrás de sua cabeça. Aquilo pareceu perfeito para aquela cena, seu personagem e como ela estava vestida. Foi absolutamente fascinante. Ela é tão incrível!". pic.twitter.com/e9dPgaf2Ec — Björk BR (@sitebjorkbrasil) April 20, 2022 "É bom finalmente ver as raízes de alguém tratadas com imaginação, inteligência e qualidade. Eu AMEI as passagens com Mjötviður Mær . A arqueologia moder

Ísadora Bjarkardóttir Barney fala sobre sua carreira como artista e o apoio da mãe Björk

Doa , também conhecida como d0lgur , é uma estudante, funcionária de uma loja de discos ( Smekkleysa ), cineasta, cantora e agora atriz. Em abril, estreia nas telonas no novo filme de Robert Eggers , The Northman . Ela interpreta Melkorka , uma garota irlandesa mantida em cativeiro em uma fazenda islandesa, que também gosta de cantar.  O nome de batismo da jovem de 19 anos, é Ísadora Bjarkardóttir Barney .  "Bjarkardóttir" reflete a tradição islandesa de usar nomes patronímicos ou matronímicos . Ou seja, o segundo nome de uma criança é baseado no primeiro nome de sua mãe ou pai. Assim, "Bjarkardóttir" significa o "dóttir" – filha – de "Bjarkar". Isto é, de Björk . E Barney vem do pai Matthew Barney, que nasceu nos Estados Unidos.  Na nova edição da revista THE FACE , a artista falou sobre sua carreira. Ela vive entre Reykjavík e Nova York , onde nasceu em outubro de 2002. Confira os trechos em que citou a mãe, a nossa Björk.  " Sjón e min

Saiba tudo sobre as visitas de Björk ao Brasil

Foto: Divulgação (2007) As apresentações mais recentes de Björk no Brasil, aconteceram em 2007. Em novembro de 2022, ela volta ao nosso país no festival Primavera Sound . Relembre todas as passagens da islandesa por terras brasileiras, nesta matéria detalhada e cheia de curiosidades! Foto: Reprodução (1987) Antes de vir nos visitar em turnê, a cantora foi capa de algumas revistas brasileiras sobre música, incluindo a extinta  Bizz,  edição de Dezembro de 1989 . A divulgação do trabalho dela por aqui, começou antes mesmo do grande sucesso e reconhecimento em carreira solo, ainda com o  Sugarcubes . 1996 - Post Tour: Arquivo: João Paulo Corrêa SETLIST:  Army of Me One Day The Modern Things Venus as a Boy You've Been Flirting Again Isobel Possibly Maybe I Go Humble Big Time Sensuality Hyperballad Human Behaviour The Anchor Song I Miss You Crying Violently Happy It's Oh So Quiet.  Em outubro de 1996, Björk finalment

Björk está no elenco de 'The Northman’, filme de Robert Eggers

Em outubro de 2019 , o site IndieWire garantiu que Björk estava em negociações avançadas para participar de uma nova produção do diretor Robert Eggers , responsável pelos filmes "A Bruxa" (2015) e "O Farol" (2019).  O longa, intitulado de The Northman , foi descrito como uma "saga de vingança viking", na qual um príncipe nórdico (Alexander Skarsgård) procura por justiça após seu pai ser assassinado. A história é ambientada na Islândia , na virada do Século X.  Foto: Santiago Felipe. O roteiro de Eggers foi escrito em parceria com Sjón , um grande amigo e colaborador da islandesa ( Isobel , Jóga , Bachelorette , Selmasongs , Oceania , Wanderlust , The Comet Song , Cosmogony , Virus , Solstice ). Nicole Kidman , Alexander Skarsgård , Anya Taylor-Joy , Bill Skarsgård , Kate Dickie , Ralph Ineson , Claes Bang , Ethan Hawke  e Willem Dafoe também fazem parte do elenco.  A trilha sonora é de Robin Carolan e Vessel .  Foto: Reprodução.  O Belfast Telegraph ,