Pular para o conteúdo principal

Museu da Imagem e do Som confirma a exposição "Björk Digital" em São Paulo


Inédita no Brasil, a exposição Björk Digital celebra o trabalho e o universo criativo da artista islandesa. Dividida em sessões compostas por experiências em realidade virtual e elementos audiovisuais imersivos, a mostra ficará em cartaz no MIS entre 18* de junho e 18 de agosto, depois de passar por cidades como Tóquio, Sidney e Londres e receber mais de 400 mil visitantes.

A abertura para o público geral será no dia 19/06*.

Trazida em parceria com a produtora Dueto, a exposição é apresentada pelo Ministério da Cidadania e Vivara, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. O MIS é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.



Na programação estão inclusos: 6 vídeos de Vulnicura, sendo 5 em realidade virtual (StonemilkerMouth Mantra, Quicksand, Family e Notget), e uma instalação especial (Black Lake), além da sessão de videoclipes de Björk remasterizados em alta definição (exibidos em sala de cinema) e uma área dedicada ao projeto educativo de Biophilia. Confira mais detalhes AQUI.

venda de ingressos antecipados para a primeira semana da exposição (19 a 23 de junho) está esgotada, mas não se preocupe! Os tickets das datas entre 26 de junho e 14 de julho já estão disponíveis no site e aplicativo da Ingresso Rápido. Os valores são de R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada).

Horários: Terças a sábados, das 10h às 20h; domingos e feriados, das 10h às 19h. 
Permanência de até duas horas após a última entrada.
Classificação: 14 anos

Os locais que serão utilizados da estrutura do MIS são o Espaço Redondo e os dois andares do Espaço Expositivo. 


Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo-SP | (11) 2117 4777 |
www.mis-sp.org.br
Estacionamento conveniado: R$ 18 (com carimbo da Recepção do MIS)

Informações importantes:

Como a exposição utiliza óculos de realidade virtual, as seguintes regras e recomendações devem ser seguidas:

>> limite máximo de 25 pessoas a cada 20 minutos;

>> por medida de segurança, o acesso livre à exposição apenas é permitido a partir de 14 anos. Isso se deve às diretrizes dos fabricantes do equipamento de Realidade Virtual (RV), já que pesquisas realizadas até o momento indicam que menores de 14 anos estão em período crítico de desenvolvimento visual e a utilização de tais equipamentos pode gerar prejuízos; menores de 14 anos somente poderão acessar a exposição acompanhados dos pais ou responsáveis e mediante autorização escrita destes, uma vez cientes dos riscos;

>> sensações de náusea e desconforto não são incomuns, por isso grávidas, cardíacos, pessoas com anomalia de visão binocular, labirintite, epiléticas ou com doenças similares devem evitar a experiência.

>> Duração estimada da experiência: 80 minutos.

>> É proibido fotografar ou filmar no espaço expositivo.

>> O ingresso é válido somente para o horário selecionado no ato da compra. O visitante deve chegar 15 minutos antes para realizar o check-in. Excedido esse horário, sob nenhuma hipótese será possível ingressar na exposição, e não haverá reembolso.

>> Não é permitido acessar a exposição com bolsa ou mochila, que deve permanecer no guarda-volumes (gratuito).

>> Não é permitida a troca de ingresso para outra data ou sessão. Não há reembolso.

#BjörkDigital #BjörkNoMIS

Confirme sua presença no evento oficial no Facebook clicando AQUI.


A informação já havia sido adiantada em julho do ano passado na coluna de Lauro Jardim no Globo. A Dueto, produtora de Monique Gardenberg, foi a responsável por dois dos três festivais que trouxeram nossa amada ao Brasil. Aliás, em 2007, quando esteve no país com o show Volta, a cantora também compareceu à pré-estreia do filme O Passado, do diretor Hector Babenco, como convidada de Monique, que a conhecia de suas outras visitas por aqui.

Em novembro de 2018, o projeto também apareceu como aprovado no edital dos agraciados com o patrocínio do Centro Cultural Banco do Brasil, pela Cinnamon Comunicação. Será que teremos a exposição em mais lugares além do MIS, e shows como aconteceu em algumas das cidades que receberam a produção?

Saiba mais:




Comente com outros fãs:

Postagens mais visitadas deste blog

Para a Folha de São Paulo, Björk fala sobre o envelhecimento de sua voz

Na próxima terça-feira, 18 de junho de 2019, a exposição Björk Digital chega a São Paulo no Museu da Imagem e do Som (adquira ingressos clicando AQUI). Boa parte das datas já estão, inclusive, esgotadas! Em processo de divulgação do projeto, a cantora islandesa concedeu uma entrevista exclusiva para a Folha,em uma conversa por telefone direto de sua casa na Islândia. A matéria é de Diogo Bercito. Confira:
Björk discutiu alguns tópicos, como o estado atual de seus vocais: Ela vem cantando com tons abaixo das versões de seus discos já há alguns anos: "Deixo que a minha voz envelheça". A artista ainda se mostrou tranquila sobre a passagem de tempo natural da vida, e criticou a discriminação que a maioria das mulheres sofrem dando como exemplo Frank Sinatra e Johnny Cash, que puderam envelhecer sem esse tipo de cobrança do público, que parecia considerar suas vozes ainda mais charmosas com o avanço da idade. Enquanto, Whitney Houston era ridicularizada por não conseguir mais ca…

5 motivos para não perder a exposição Björk Digital em São Paulo

Como já noticiamos aqui, a exposição Björk Digital virá ao Brasil em uma temporada de dois meses no Museu da Imagem do Som, em São Paulo. Entre 18* de junho e 18 de agosto, a mostra estará nas instalações do Espaço Redondo e do Espaço Expositivo do centro cultural, com uma série de atividades interativas que prometem captar a emoção do público, como já aconteceu com os mais de 400 mil visitantes nos últimos 3 anos, nos 12 países que receberam o projeto!
A abertura para o público geral será no dia 19/06*.
Você ainda está em dúvida se deve comparecer ou não? O Björk BR separou uma lista com 5 motivos para não perder a vinda do trabalho audiovisual da islandesa ao nosso país: Em outras palavras, o próprio conteúdo! 1. Sessão de cinema  Tão famosos quanto as canções de Björk são seus clipes lendários! A obra assinada por ela em colaboração com diretores renomados, conquistou muitas pessoas e revolucionou a música pop nos últimos 26 anos, e está na programação da exposição da cantora. Mas …

Relembre as vindas de Björk ao Brasil

As apresentações mais recentes de Björk no Brasil aconteceram há mais de 10 anos, entre 26 e 31 de Outubro de 2007. Relembre estas e outras passagens da islandesa, que já disse ter vivido momentos mágicos em nosso país.
Mas antes de tudo, uma curiosidade: Björk já foi capa da famosa/extinta revista brasileira Bizz, edição de Dezembro de 1989, o que comprova a divulgação do trabalho da artista no Brasil antes mesmo do grande sucesso e reconhecimento em carreira solo.

1996 - Post Tour:
SETLIST: Army of Me/One Day/The Modern Things/Venus as a Boy/You've Been Flirting Again/Isobel/Possibly Maybe/I Go Humble/Big Time Sensuality/Hyperballad/Human Behaviour/The Anchor Song/I Miss You/Crying/Violently Happy/It's Oh So Quiet.
Em outubro de 1996, Björk vinha pela primeira vez ao Brasil com shows marcados em São Paulo (12/10/96) e no Rio de Janeiro (13/10/96), como parte do Free Jazz Festival.



Em entrevista à Folha de São Paulo, Björk se disse ansiosa pelas apresentações:
"Vai ser mu…